RELAÇÃO ENTRE O LUCRO BRUTO E O FLUXO DE CAIXA DAS PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS

Mg 6076 (1) - Dataplan Contabilidade

Compartilhe nas redes!

Independentemente do tamanho da empresa, se ela é tributada pelo Lucro Real, Lucro Presumido, Simples ou é uma MEI, ter um grande conhecimento sobre o cenário financeiro e os principais números do negócio é essencial para um crescimento sustentável a longo e médio prazo. Quando se trata de fluxo de caixa, muitos empreendedores ficam na dúvida sobre o que é lucro bruto, como definir e como influencia o faturamento.

 

DEFINIÇÃO DE LUCRO BRUTO

Resumidamente, o Lucro Bruto, também conhecido como Lucro Operacional, é o resultado de um cálculo básico que fazemos com os números presentes no fluxo de caixa do negócio. Esse valor consiste em calcular todas as receitas geradas em vendas da empresa e subtrair pelo valor dos custos variáveis relacionados à produção.

Vale ressaltar que o lucro bruto considera apenas os valores dos custos diretamente ligados aos serviços e de forma variável. Um exemplo são os valores gastos com materiais para que o serviço seja executado. Quanto mais serviços forem executados, maior será o custo com estes materiais. Isso é considerado variável, e, para o cálculo do lucro operacional, gastos básicos fixos não são considerados.

Ao calcular o lucro bruto, o empreendedor terá uma noção maior também da margem bruta da empresa, um dado muito útil para projetar as possibilidades de crescimento e lucratividade do negócio. Entender esses valores deixa os gestores mais aptos a aproveitar novas oportunidades e posicionar a empresa em seu nicho de atuação.

Essas taxas estão associadas à eficiência da gestão financeira da empresa e ao potencial produtivo, sendo necessário fazer avaliações constantes para entender o cenário e se preparar para possíveis adversidades do mercado

CONHECIMENTO É A CHAVE DA MUDANÇA

Faz parte do dia a dia de uma empresa uma série de custos e investimentos com materiais, equipamentos, ações de marketing, treinamentos, salários de funcionários, entre outras coisas. É função do lucro bruto do negócio fornecer aos gestores uma visão geral do desempenho financeiro do negócio.

Conhecer de perto a margem de lucro ajuda a empresa a tomar melhores decisões, entender se o nível de custos de produção está equilibrado e se a empresa está apta para fazer novos investimentos visando a um crescimento maior. É essencial que a empresa entenda de fato quais são os custos para fazer um produto ou serviço acontecer, para assim também precificar de forma mais justa e estratégica.

A vontade de desenvolver o negócio é grande para todos os empreendedores, mas é preciso ser inteligente e analisar o momento certo para tomar ações, para assim não prejudicar o fluxo de caixa e deixar a empresa no negativo ou perder dinheiro com projeções malfeitas.

 

QUAL É A DIFERENÇA ENTRE LUBRO BRUTO E LUCRO LÍQUIDO ?

Conforme explicado anteriormente, o lucro bruto são os valores de faturamento da empresa, subtraídos dos custos variáveis de produção.

Mas e o lucro líquido? Trata-se do valor abrangente que fica de saldo após subtrair o faturamento total do negócio com todos os custos da empresa, sejam eles operacionais ou não.

É fundamental conhecer e monitorar esses valores. Além disso, a empresa conseguirá ter uma maior noção de qual é sua margem líquida e ter projeções dos próximos meses, para assim evitar riscos e tomar medidas preventivas no negócio.

Um dos pontos importantes de também conhecer o lucro líquido da empresa é que os gastos com taxas e impostos estarão subtraídos nesse cálculo, e são valores importantes que a empresa não pode deixar de arcar para se manter na legalidade. Além disso, também faz parte dos custos calculados no lucro líquido os gastos básicos, como conta de água, luz, telefone, entre outros.

 

O QUE É PRECISO PARA CALCULAR O LUCRO BRUTO DA EMPRESA ?

Para calcular o lucro bruto da empresa e qualquer outro tipo de indicador financeiro, é preciso de organização e monitoramento. Antes de mais nada, é necessário ter acesso aos números de faturamento do negócio e conhecer todos os custos. Após isso, separar e listar todos os custos que estão associados diretamente à cadeia produtiva do negócio.

Alguns exemplos de custos que irão impactar o lucro bruto da empresa são os custos com matéria-prima ou materiais necessários para a produção ou realização do trabalho, transportes e fretes de produtos ou serviços, comissões e terceirizações de tarefas, entre outros.

Após reunir todas essas informações, é hora de fazer os cálculos. É necessário calcular toda a receita gerada a partir das vendas, definir e calcular os custos ligados à produção e utilizar a fórmula abaixo para descobrir o lucro bruto da empresa:

Lucro Bruto = Receitas de Vendas – Custos Diretos

Descobrir o lucro bruto é fundamental para entender a saúde financeira da empresa, mas não deixe também de calcular o lucro líquido para entender a real margem do negócio e tomar decisões mais assertivas.

 

VALE A PENA TERCEIRIZAR O DEPARTAMENTO FINANCEIRO DA MINHA EMPRESA ?

Agora você já sabe como calcular o lucro bruto e entendeu a importância de conhecer esses valores na gestão financeira da sua empresa. É importante manter essas informações sempre atualizadas para consultar de forma constante e entender de perto o que acontece na área financeira do negócio.

Na prática, acompanhar esses números de perto pode ser desafiador, dependendo do tamanho da empresa, mas é essencial para ter melhores projeções do futuro e um melhor auxílio para os gestores das áreas.

Por isto, acreditamos que terceirizar as atividades do seu departamento financeiro trará mais confiabilidade na gestão de seu negócio e você poderá concentrar seus esforços na área operacional, maximizando os resultados.

Conheça nosso site e solicite uma reunião com nosso especialista.

www.dataplancontabilidade.com.br

5/5 - (7 votes)

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Mg 6076 (1) - Dataplan Contabilidade

MUDE SEU MINDSET EM 2024

A VELOCIDADE SERÁ FUNDAMENTAL EM 2024   Diante do grande desafio que teremos pela frente, o ano de 2024 promete muitas dificuldades para os empresários,

Mg 6076 (1) - Dataplan Contabilidade

CORRETORA DE SEGUROS – REGISTROS

Para atuar como corretor de seguros, além de atender a todos os requisitos estabelecidos na Lei nº 4.594, de 1964, é necessário também possuir habilitação

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
É possível solicitar a inclusão retroativa ao "Simples Nacional" quando…
Cresta Posts Box by CP